Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sete Estrelo

Um diário de navegação, à deriva

Sete Estrelo

MANEKI NEKO

06.08.20 | Silêncios | comentar
  Maneki Neko     É conhecido por gato que convida, gato da sorte, ou do dinheiro. A sua origem é japonesa e foi inspirado na raça de Gato Bobtail . Quem o possui, presume-se que lhe (...)

Onde termina a Muralha da China?

06.08.20 | Silêncios | comentar
    Publicado em 21.09.16   Onde termina... ou começa, depende do ponto de onde partamos para a descobrir e calcorrear. A Muralha da China tem de comprimento de 8,850 km medidos por GPS. A  sua construção estende-se do Lago Lop, no oeste, até o interior da (...)

CHEGA!

04.08.20 | Silêncios | comentar
  DACHAU O primeiro campo nazi   Tenho dedicado algum do meu tempo, quando estou em casa, a rever filmes históricos. Um, O Pianista, falei dele no outro dia. O outro, esse grande (...)

Valhalla...

02.08.20 | Silêncios | ver comentários (7)
    Valhalla   Regressei há dias do Algarve e, num dos muitos passeios dados, saltou-me à vista uma palavra inscrita no muro de uma das casas que avistámos. O sítio era paradisíaco. Entre árvores, (...)

O Kilt

01.08.20 | Silêncios | comentar
      O Kilt   A palavra (Kilt) significa “prender uma roupa no corpo” nas línguas faladas na Escócia do século XIV. Naquela época, a peça única era presa ao corpo, como um manto. Este (...)

ASSINALÁVEIS DA LITERATURA ACONSELHAM

24.07.20 | Silêncios | ver comentários (2)
     Post publicado em 18-06-2016   Dizem que a humildade é uma das características mais importantes para quem começa a escrever. Conselhos preciosos de grandes escritores sobre a escrita e a forma de a sentir e executar, segundo a visão de cada um(a).      Lev (...)

Recordando uma Feira que Gostava de ver Regressar a Portugal

23.07.20 | Silêncios | comentar
        Há tempos, creio que no ano passado, houve esta Feira no Museu da Marinha que versava a cultura de um povo que admiro e sobre o qual, tento aprofundar o meu conhecimento, lendo e pesquisando tudo o que consigo e mesmo assim, sinto-me aquém do desejável saber.   (...)